ReSa

English | Brasileiro

Ilhas SL para Aprendizagem

 

Faça uma breve pesquisa individual sobre o uso da SL para atividade de aprendizagem acadêmica ou de negócios.

Informe o link do material pesquisado e faça uma breve descrição do mesmo.

 

Atenção: Não é para copiar e colar definições do SL simplesmente. Pesquisa vai além disso. Necessário ler o material que traz exemplos de uso do SL no ensino e postar o link para o material assim como a explicação do que entendeu.

Prazo: 20/10/2015

Comentários

  • Ana Carolina

    Pesquisa:

    Second Life é visto como um ambiente de aprendizagem hipermidiático. É nesse ambiente onde ocorrem os processos comunicativos, que a aprendizagem se verifica. Santos e Okada (2003), definem um ambiente virtual como “um espaço fecundo de significação onde seres humanos e objetos técnicos interagem, potencializando assim, a construção de conhecimentos, logo a aprendizagem.” E ainda, seguindo essa mesma concepção, refletem acerca do fato de todo ambiente virtual (e aí incluímos o SL) poder ser considerado um ambiente de aprendizagem, quando refletem que se entendermos aprendizagem como um processo sócio-técnico onde os sujeitos interagem ‘na’ e ‘pela’ cultura sendo esta um campo de luta, poder, diferença e significação, espaço para construção de saberes e conhecimento, então podemos afirmar que sim. (SANTOS E OKADA, 2003, p. 3)

    Portanto, sendo o SL um mundo construído por seus próprios residentes, que interagem tanto com os objetos virtuais que criam, ou foram criados por terceiros, quanto com outros residentes, de forma síncrona ou assíncrona (no caso de troca de mensagens), ele se constitui como mais um espaço de construção de conhecimento.

    O que vale uma diferenciação, nesse caso, seria o tipo de atividade que reflita uma proposta de educação formal ou informal dentro dos ambientes virtuais em 3D que se assemelham com o Second Life. Ou seja, o fato de uma ilha ser concebida para promover atividades específicas relacionadas à aprendizagem de saberes e conhecimentos específicos, de forma estruturada e sistemática, certamente diferencia de outro lugar virtual nesse mundo que não tenha sido criado, prioritariamente, para tal fim. Isso não quer dizer, no entanto, que neles não ocorre o processo de construção de conhecimento.

    Exemplo de Ilha de Educação:

    O Portal Educação é um portal que oferece cursos online no Brasil há nove anos. O seu crescimento nos últimos anos é evidente ao considerarmos que hoje ele oferece informativos, cursos de idiomas, cursos para empresas, de pós-graduação (latu sensu), bem como palestras e eventos (todos online, através de recursos como chat, fóruns, webconferência e ambientes virtuais de aprendizagem de seu site ou de sites dos associados).

    A Ilha da Educação é um espaço, no Second Life, criado pelo Portal para “encontros virtuais, desenvolvimento de pesquisas e atividades pedagógicas”. Neste espaço, os residentes têm acesso a palestras, cursos e eventos, geralmente voltados à área da Educação. O acesso à Ilha se dá de duas maneiras: a partir do site do Portal Educação, onde o usuário clica no link de acesso à ela, é direcionado á página de “teletransporte” e, tendo o software visualizador do SL, entra no ambiente 3D da Ilha da Educação; ou já estando dentro do ambiente do SL, digitando “Ilha da Educação” no campo de endereços no canto superior direito do ambiente.

    dsd.png

    Página da Ilha da Educação no Portal Educação                                                                                                                   Fonte: Site do Portal Educação

    Nesse caso, o acesso ao ambiente se dá inicialmente através do site. Isso evidencia o vínculo do universo do SL com a Web, pois tanto o indivíduo pode adentrar qualquer ilha fazendo uso do navegador, de onde é redirecionado para o software visualizador, ou já dentro da ilha pode abrir e acessar páginas da Web, fazendo uso de todos os recursos que esta tem a oferecer.

    Referência:

    BATISTA, Danilo Lemos. Ambientes virtuais de aprendizagem no Second Life: Mapeando a ilha da educação. Disponível em: http://pped.unit.br/wp-content/uploads/2015/07/DISSERTA%C3%87%C3%83O-AMBIENTES-VIRTUAIS-DE-APRENDIZAGEM-NO-SECOND-LIFE.pdf. Acesso em 19 de outubro.

    640 dias atrás
  • andre uebe

    Caros. É por aí. Mas não basta postar o link ou a íntegra do texto. Necessário acessarem o ambiente e postar as impressões de vocês. Experienciem o que está sendo relatado. Abs

    640 dias atrás
  • Claudemar Costa

    O Second Life (também abreviado por SL) é um ambiente virtual e tridimensional que simula em alguns aspectos a vida real e social do ser humano. Foi criado em 1999 e desenvolvido em 2003 e é mantido pela empresa Linden Lab. Dependendo do tipo de uso, pode ser encarado como um jogo, um mero simulador, um comércio virtual ou uma rede social. O nome "second life" significa em inglês "segunda vida", que pode ser interpretado como uma vida paralela, uma segunda vida além vida "principal", "real". Dentro do próprio jogo, o jargão utilizado para se referir à "primeira vida", ou seja, à vida real do usuário, é "RL" ou "Real Life"], que se traduz literalmente por "vida real".

    Second Life ficou popularmente conhecido não pela quantidade enorme de pessoas logadas ao mesmo tempo, mas sim pela economia dentro do universo 3D, que poderia ser convertida em dinheiro de verdade. Talvez seja isso o que mantém a comunidade de “residentes”, como eles se denominam, ativa até hoje.

    No Brasil, Second Life chegou a fazer muito sucesso, com várias empresas, como a Petrobrás, investindo e comprando terrenos dentro do “jogo”. A Kaizen Games chegou a criar a versão brasileira, mas devido a vários motivos, dentre eles a necessidade de gastar dinheiro real, acabaram afastando muitos usuários. 

    Apesar de parecer um jogo eletrônico, o Second Life é proibido para crianças. Isso se deve a vários motivos, sendo o principal, o comércio que envolve dinheiro de verdade. Além disso, é perceptível a erotização presente em Second Life, o que torna o serviço pouco recomendável para usuários mais jovens.

    Por não haver muitas opções de diversão além de visitar diferentes locais, que em sua grande maioria são lotados de lojas para se gastar dinheiro real, o foco se volta para a customização dos avatares. Entretanto, qualquer modificação nos personagens é monetizada, exigindo que o jogador pague até por uma sobrancelha nova.

    Muitos usuários viram em Second Life uma oportunidade para lucrar, influenciadas pelo sucesso de pessoas que compravam e vendiam terrenos dentro do “jogo”. Entretanto, tal como na vida real, projetos grandes levam muito tempo para serem realizados dentro do universo virtual, o que acabou desestimulando iniciativas deste tipo.


    640 dias atrás
  • Junielly Maia

    Encontrei essa matéria de 2013, onde explica o motivo da queda de popularidade do Second Life.

     http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2013/10/second-life-conheca-os-motivos-da-queda-de-popularidade-do-simulador.html

     

     

    640 dias atrás
  • Junielly Maia

    Encontrei essa matéria de 2013, onde explica o motivo da queda de popularidade do Second Life.

     http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2013/10/second-life-conheca-os-motivos-da-queda-de-popularidade-do-simulador.html

     

     

    640 dias atrás
  • Junielly Maia

    Essa matéria, fala sobre o uso do Second Life, como ferramenta para os estudantes de Medicina.Onde foi construido um Hospital virtual completo para treinamento dos estudantes.

    https://claudiomoreira.wordpress.com/2009/07/29/universidade-monta-treinamento-para-estudantes-de-medicina-no-second-life/

     

     

     

    640 dias atrás
  • Lilia Ferreira

    O Second Life pode aliar os três elementos necessários ao processo ensino-aprendizagem: aluno, professor e conteúdo. A esses três pode-se acrescentar o seu aspecto lúdico, despertando a curiosidade pelos conteúdos e pelo próprio funcionamento da ferramenta. No seu uso, os alunos e o professor podem interagir entre si e com outros residentes (pessoas usuárias do Second Life), para aprender diferentes conteúdos, usando uma metodologia interdisciplinar. Ele pode ampliar as possibilidades de comunicação e interação, pois nele se usa linguagem textual, a linguagem oral, gestual e gráfica, de forma a potencializar significativamente os processos de ensino e de aprendizagem

    No uso do SL, o aluno ganha liberdade para aprender, pois se comunica, interage, transita por diferentes ambientes, se tornando mais autonomo. Além disso, como o SL possui um sistema de regras, pode-se criar um acordo com os alunos e professores para que os limites, noções de ética e responsabilidade sejam postas em prática.

    Um grande potencial do SL é o ensino de línguas estrangeiras, principalmente, a língua inglesa, que é usada no site. Desta forma o SL desenvolve a linguagem escrita e oral, além de peculiaridades da linguagem digital. O raciocínio lógico-matemático também é desenvolvido, pois os alunos estão envolvidos e mergulhados em situações-problema “reais”, levando os estudantes a pensarem de modo lúdico e rápido.

    É preciso lembrar que o SL é um ambiente inovador, que permite aos alunos explorar a imaginação e a criatividade, portanto não se deve repetir no ambiente virtual, fórmulas e modelos tradicionais usados na “forma real”, como cadeiras enfileiradas, quadro negro, etc., busque alternativas novas que só são possíveis num mundo digital. Aproveite as inovações e possibilidades que só este ambiente pode oferecer e facilitar, lembrando que não basta usar a tecnologia, mas sim, torná-la útil e integrada aos objetivos e contextos escolares.

    O Second Life pode “quebrar” ou “expandir” os muros da escola, pois pode se tornar uma ferramenta para implantar um sistema de educação a distância. Nesse sistema, alunos, professores, família e comunidade podem estar integrados e interligados em horários extra-escolares, estreitando laços e ampliando o processo de ensino-aprendizagem. Deve-se observar que esse é um sistema de ensino que deve ser usado paralelamente, complementando o ensino presencial.

    Fonte: PORTAL EDUCAÇÃO - Cursos Online : Mais de 1000 cursos online com certificado 
    http://www.portaleducacao.com.br/educacao/artigos/29193/second-life-e-suas-aplicacoes-no-processo-de-ensino-aprendizagem#ixzz3p6bLjoYZ

    639 dias atrás
  • Claudemar Costa

    Como fazer sucesso no mundo virtual do Second Life?

    Second Life é um mundo virtual onde seus habitantes fazem o que bem entenderem nele. Você pode criar um avatar personalizado e andar neste mundo virtual, que é um reflexo do nosso mundo real.

    Você pode montar o seu negócio no SL, pode fazer uma festa, comprar terreno, roupas e novas caracteristicas para seu avatar, entre muitas outras coisas.

    Recentemente vimos um ataque das empresas americanas entrando no SL para divulgarem suas marcas. Esta invasão acabou criando um desconforto entre os habitantes pioneiros porque o buzz gerado por estas empresas criou uma certa confusão. O problema foi que muitas pessoas blogaram dizendo que estas aventuras empresariais foram as primeiras iniciativas dentro do SL. Isso não é verdade, pois muitos habitantes já haviam criado seus próprios negócios no mundo virtual muito antes das grandes empresas entrarem.

    Uma coisa é vc falar que aXYZ começou a divulgar sua marca no SL, outra coisa é você falar que a XYZ foi a primeira empresa do tipo no SL. Essa irritação da comunidade SL demonstra claramente o cuidado que temos que ter com os consumidores, e principalmente quando estão online.

    É importante para os publicitários entenderem que marcas reais são bemvindas no mundo SL, mas tentem não ofuscar o árduo trabalho que usuários legítimos tiveram para desenvolver a comunidade e trazer ela ao ponto que ela chegou. Se não fosse por eles, o SL não teria a atração que tem, e não teriam empresas loucas pra deixarem suas marca lá dentro.

    Para vocês verem que tipos de ações as empresas reais estão fazendo no Second Life, clique na foto acima para acessar o nosso Flickr!

    Para aprender a jogar Secondlife e a montar seu negócio virtual, não deixe de dar uma olhada no blog da OWNER MAG , cheio de informações detalhadas e dicas para você começar seu negócio no Secondlife.

    http://ownermag.wordpress.com/

    639 dias atrás
  • jenyffer

    Second Life (também abreviado por SL[1] ) é um ambiente virtual e tridimensional que simula em alguns aspectos a vida real esocial do ser humano. Foi criado em 1999 e desenvolvido em 2003 e é mantido pela empresa Linden Lab.[2] Dependendo do tipo de uso, pode ser encarado como um jogo, um mero simulador, um comércio virtual ou uma rede social. O nome "second life" significa em inglês "segunda vida", que pode ser interpretado como uma vida paralela, uma segunda vida além vida "principal", "real". Dentro do próprio jogo, o jargão utilizado para se referir à "primeira vida", ou seja, à vida real do usuário, é "RL" ou "Real Life"[3] que se traduz literalmente por "vida real".

    Tambem encontrei esse artigo que fala sobre o uso do second life no ambiente virtual e de aprendizagemhttp://www.comunidadesvirtuais.pro.br/seminario4/trab/jamn.pdf 

    639 dias atrás
  • andre uebe

    Devia, Junielly e Jenyffer

     

    O que entenderam do material que acharam. Qual o resumo?

    639 dias atrás
  • andre uebe

    Carla idem 

    639 dias atrás
  • andre uebe

    Débora idem

    639 dias atrás
  • andre uebe

    Claudemar e Lília

    Faltam os exemplos

    639 dias atrás
  • andre uebe

    Ana Carolina tudo certo

    639 dias atrás
  • MV

    Pra iniciarmos essa discussão é valido destacar o que seria a aprendizagem organizacional.

    Segundo o site IBCCoaching.com.br, aprendizagem organizacional pode ser entendido como o múltiplo aprendizado sobre as dinâmicas e demandas corporativas, direta ou indiretamente, dentro ou fora da organização.

    Segundo CiberSociedad.net (http://www.cibersociedad.net/congres2009/po/coms/mundos-digitais-virtuais-em-3d-e-

    aprendizagem-organizacional-uma-relasao-possivel-e-produtiva/644/), Assim que o ambiente do Second Life foi lançado em 2003, algumas empresas estavam presente, criando suas ilhas, seus edifícios e uma forma de propaganda afim de que aumentasse as vendas de seus produtos reais. Mas essa visão se tornou equivocada já que os usuários da plataforma SL não estavam focados em propagandas de produtos reais, mas sim muito mais interessados em produtos virtuais, e as empresas que se estruturaram olhando para esta visão gerando atividades e produtos virtuais que impactam na vida real, alcançaram bons resultados.

    Uma grande vantagem do SL é a possibilidade de se criar ambientes de aprendizagem não convencionais, ou que se tornariam demasiadamente caras, como simuladores de vôo, ou como no exemplo citado a técnica do team building através de uma viagem de barco, que se tornaria bem cara e difícil de se encontrar, realidade possível em Second Life e bem mais barata, mas que trabalhariam os conceitos do team building de forma equivalente.

    Um exemplo da funcionalidade educacional do second life, foi o curso de modelo que ocorreu no dia 02 de agosto de 2015, tendo como palestrante a top model, blogger e personal stylist Jeanie Waydelich, onde também era fornecido cadstro e instruções ppara participar dan audição para ganhar uma bolsa integral. (http://www.toxxnews.com/2015/08/curso-de-modelo-second-life.html)

     

    curso de modelo sl

    639 dias atrás
  • Débora Monteiro

     

    http://repositorio.ufpe.br:8080/xmlui/bitstream/handle/123456789/2810/arquivo7565_1.pdf?sequence=1&isAllowed=y

     Ilha do aprender: um ambiente para EAD no Second Life

    de Almeida Batista Ramos, Roberto

    Este artigo fala sobre, a procura por cursos a distância e como isso vem evoluindo. Por outro lado, o avanço da tecnologia de Internet, da WEB e dos LMS Learning management Systems possibilitaram a criação de novas formas de interação em rede. O artigo, fala também que em 2003, foi quando surgiu a tecnologia Second Life 3D e seus ambientes virtuais  tridimensionais. Este trabalho apresenta um experimento realizado no ambiente virtual Ilha do Aprender, modelado na Plataforma Second Life 3D. O experimento constou da realização de um curso de capacitação para estudantes universitários, no qual foi investigado se a Ilha do Aprender contribuía para o resgate de parte da fisicalidade de um ambiente de aprendizagem visando o aumento da interação e motivação dos alunos. Conforme o artigo, os resultados mostraram indícios de que o a Ilha contribuiu para resgatar parte da fisicalidade do ambiente de aprendizagem e com isso estimulou a formação de um senso de grupo entre os participantes e facilitou a interação e colaboração entre eles.
    639 dias atrás
  • Carla
    • Comunidades Virtuais de Aprendizagem no SL

    O Grupo de Pesquisa em Educação Digital GP e-du UNISINOS/CNPq está vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Educação da UNISINOS (Universidade do Vale do Rio dos Sinos), e vem desenvolvendo pesquisas relacionadas aos processos de ensino e de aprendizagem com o uso de tecnologias digitais emergentes. 

    A ilha de UNISINOS é uma universidade virtual, com grande suporte, tem uma estrututra grande, com biblioteca,centro comunitário, espaço conviver,PPG Educação,Sandbox entre outras coisas...O espaço conviver é bem legal como se fosse uma ambiente para descontração dos participantes da ilha.

    SL ilha.png

    A ilha foi voltada para  formar encontros educacionais e simuladores, a ilha foi montada para ser semelhante a um campus educacional, com espaços para discuções e trabalhos em grupo.

    A ilha Unisinos tem maior proposta de integração e utiliza o SL  como forte aliado a suas pesquisas,simuladores de negocios para tomada de decisões, tentando trazer a forma de fazer negocios na prática.

    O grupo possui também a ILHA RICESU (Rede de Instituições Católicas de Ensino Superior) possibilitando um espaço de convivência virtual de aprendizagem prática no ensino a distância.

    A ilha da educação é voltada para criação de eventos educacionais  mensalmente e está ligada diretamente ao portal da educação. Se destaca tambémo VWBPE (Virtual Worlds – Best Practices in Education) uma espécie de evento gratuíto realizado por voluntário, educadores de todo o mundo que tratam do ensino pelo ambiente virtual para apresentaçõa de cases e propostas educacionais.





    Fonte: PORTAL EDUCAÇÃO - Cursos Online : Mais de 1000 cursos online com certificado 
    http://www.portaleducacao.com.br/educacao/artigos/45995/comunidades-virtuais-de-aprendizagem-em-sl#ixzz3p9FFNtvT.

    Artigo por Colunista Portal - Educação - quinta-feira, 25 de abril de 2013


    639 dias atrás
  • tamires.paes

    O uso do Second life é muito interessante. Nele analisamos um ambiente dinâmico e virtual que faz simulação de alguns aspectos da vida real e social das pessoas.; ele pode ser interpretado como um jogo,um mero simulador, um comércio virtual ou rede social. Mas second life não é um jogo, podemos dizer basicamente que  é uma nova interface de relacionamento interativo em rede

    Link: https://pt.wikipedia.org/wiki/Second_Life

    639 dias atrás
  • Nathalia Sales

    O Second Life possibilita a interação e comunicação em diversos ambientes, denominados Ilhas. Estas possibilitam trocas de informações, novos aprendizados, incentivo a criatividade, compatilhamento de conhecimento e através da computação gráfica, a possibilidade de exercer o conhecimento na prática. Por isso o Second Life se tornou uma ferramenta para o aprendizado, com a liberdade no ambiente virtual que integra aluno, professor e outras pessoas de diversos locais. Através deste ambiente virtual é também possivel aprender novas linguas estrangeiras, pois é possivel conversar com pessoas de várias nacionalidades e trocas experiências. O Second Life deve ser usado como uma ferramenta complementar ao ensino presencial, desta forma possibilita um conhecimento mais expansivo e inovador.

    É muito importante que não se confunda a vida real com a virtual e que o Second Life sirva de ferramenta somente para aprendizagem e exercicio da criatividade, já que neste jogo você pode criar lugares.

    Visitei a Ilha Unisinos

     

    A Primeira universidade brasileira a ter Uma ilha dedicada a Pesquisa em mundos Virtuais Aqui no Second Life. 

    http://secondlife.com/destination/ilha-unisinos

     

     

    Fontes: 

    http://www.portaleducacao.com.br/educacao/artigos/29193/second-life-e-suas-aplicacoes-no-processo-de-ensino-aprendizagem

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Second_Life

    http://www.portaleducacao.com.br/pedagogia/artigos/46034/second-life-e-as-possibilidades-educacionais

    639 dias atrás
  • Carla

    SL ilha TESES.png

    Área voltada para teses e dissertações na  UNISINOS

    Instituto Superior de Ensino e Gestão gestao.png

    639 dias atrás
  • Nathalia Sales

    NathyOliSales na Ilha Unisinos Unisinos

    639 dias atrás
  • larissa pianna

    Second Life

    O que é e como funciona?

    O Second Life,, também conhecido como “SL” é um ambiente virtual e tridimensional que simula a vida real e social da sociedade. Alguns o interpretam como um jogo, outros como simulador, podendo ser até interpretado como um comércio virtual ou uma rede social. O Avatar tem as mesmas características e funcionalidades básicas do ser humano, tirando o fato de algumas extrapolações miraculosas como a possibilidade de voar, se teletransportar, ser imortal entre outras.

     O Second Life, também conhecido como “SL” é um ambiente virtual e tridimensional que simula a vida real e social da sociedade. Alguns o interpretam como um jogo, outros como simulador, podendo ser até interpretado como um comércio virtual ou uma rede social.

    O SL funciona também como uma ferramente de Marketing por meio de propagandas na "ilhas" ou banners.

     

    Fonte: http://easyfox.wikispaces.com/Second+Life

    639 dias atrás
  • larissa pianna

    Second Life

    O que é e como funciona?

    O Second Life,, também conhecido como “SL” é um ambiente virtual e tridimensional que simula a vida real e social da sociedade. Alguns o interpretam como um jogo, outros como simulador, podendo ser até interpretado como um comércio virtual ou uma rede social. O Avatar tem as mesmas características e funcionalidades básicas do ser humano, tirando o fato de algumas extrapolações miraculosas como a possibilidade de voar, se teletransportar, ser imortal entre outras.

     O Second Life, também conhecido como “SL” é um ambiente virtual e tridimensional que simula a vida real e social da sociedade. Alguns o interpretam como um jogo, outros como simulador, podendo ser até interpretado como um comércio virtual ou uma rede social.

    O SL funciona também como uma ferramente de Marketing por meio de propagandas na "ilhas" ou banners.

     

    Fonte: http://easyfox.wikispaces.com/Second+Life

    639 dias atrás
  • andre uebe

    Às pessoas que estão APENAS postando conceitos:

    É necessário visitar as ilhas descritas no material apresentado e postar comentários acerca da visita. O que encontrou? Como vivenciou o processo de interação descrito no artigo etc

    638 dias atrás
  • Glaydston Cancella

    Encontrei três comunidades e já me inseri em todas, Vestibular Brasil, que é um ponto de encontro de estudantes e de faculdades, Portugal Online, que nos oferece oportunidade de intercâmbio, e Vestibular1, que também é um ponto de encontro de alunos.

     

     

    634 dias atrás